Escola Popular

Gehe zu Navigation | Seiteninhalt
REDES SOCIAIS

A Banda Brasileira da Escola Popular de visita na Turíngia e na Baviera

De dia 4 de julho até dia 2 de agosto 2016.

A Banda Brasileira da Escola Popular de Curitiba foi convidada pela Mission Eine Welt com sede na Alemanha para uma série de apresentações e workshops no estado da Baviera. A Banda se preparou durante muito tempo para essa viagem, tanto musicalmente como financeiramente, além disso, recebeu ajuda de pessoas e da igreja do Brasil e da Alemanha. Muitos foram os desafios a serem enfrentados para que essa viagem pudesse acontecer, além de todo o trabalho de preparação, estava a bordo o Pedrinho, um bebê, filho do Alysson e da Pauline que com 2 semanas de idade embarcou nessa aventura.

Como a Banda Brasileira da Escola Popular é um fruto da parceria da Escola Popular com o Sínodo Paranapanema, utilizou-se a oportunidade de vinda pra Alemanha para conhecer a sede da Escola Popular e seus trabalhos.

A Banda chegou dia 4 de Julho em Weimar e ficou no total 10 dias na sede da Escola Popular. Nesse tempo a Banda pôde conhecer mais de perto o trabalho da Escola. Foram organizadas algumas atividades como: Noite cultural, ensaio em conjunto com a Banda de Weimar, que resultou em um concerto na Jakobskirche, além de passeios por Weimar e outras cidades. Visitados também,  foram pontos importantes para a história da igreja luterana como por exemplo o castelo de Wartburg em Eisenach.

Entre os dias 08.07 e 10.07, a Banda esteve junto com o grupo de Samba da Escola Popular no Festival de Samba de Coburg. Além de acompanhar o grupo de Samba da Escola, como ponto alto, a Banda tocou no culto ao ar livre que aconteceu no domingo em uma praça no centro da cidade.

No dia 14 de julho a Banda seguiu o seu caminho para a Baviera para Neuendettelsau, onde fica a central da Mission Eine Welt, iniciando assim a segunda etapa do tempo aqui na Alemanha. Uma apresentação central na Baviera foi nos dias 16.07 e 17.07, onde aconteceu a festa da Mission Eine Welt. Ali a Banda apresentou seu repertório que é composto de canções com uma mensagem cristã, tocadas com ritmos brasileiros. Nesse tempo na Baviera foram organizados workshops em escolas, concertos em muitas cidades diferentes, encontros com grupos locais além de claro de visita á cidades e lugares muito interessantes. Importante também foi a visita á museus e discussões sobre temas pertinentes á história da Alemanha, também como temas atuais como, por exemplo, migração. Tudo isso contribuiu para a Banda levar uma boa bagagem histórica e cultural da Alemanha para o Brasil.

A viagem acabou no dia 2 de agosto, quando a Banda embarcou de volta para o Brasil.

Resumos dos integrantes da Banda

Alysson Siqueira
Alysson Siqueira

"Como definir uma experiência tão intensa como nossa estada na Alemanha? Poderia falar das apresentações, dos cultos, dos passeios, mas, para mim, as coisas mais valiosas que encontramos foram palavras.

Hoje em dia se pode transmitir palavras de diversos modos, mas nenhum meio digital substitui uma boa conversa face a face, olhos nos olhos. Tenho no nosso querido Pastor Alemão, Hans-Jürgen, um verdadeiro mestre. Sinto não compreender ainda o suficiente da língua alemã para ter conversado demoradamente vários dias com ele. Mas o que ouvimos dele, com o amor que seu olhar transmite, ficou marcado em nossas vidas, individualmente e como grupo.

O lema da capoeira, "sempre pra frente", hoje é nosso combustível no palco e fora dele também. Assim seguimos nosso caminho de "ser Igreja fora da igreja, pois dentro da igreja já tem Igreja o suficiente". Mais que isso, ser uma "Igreja Evangélica aberta e tolerante", buscando em todas ações o "equilíbrio" da capoeira demonstrado em nossa logo.

Palavras como estas tornaram nosso trabalho mais afinado com o que acontece na Alemanha, nos permitem seguir "caminhando" alle zusammen, mesmo com um Oceano Atlântico entre nós."

Alysson Siqueira

Luma Andressa Knevels
Luma Andressa Knevels

"Foi muito especial para conhecer outra cultura e sentir realmente o espírito da Escola Popular."

Luma Andressa Knevels

Pauline Roeder Siqueira
Pauline Roeder Siqueira

"Alma leve e coração aquecido. Acho que isso resume nosso tempo na Alemanha. Foi um tempo incrível onde pudemos conhecer pessoas maravilhosas, compartilhar nossa música e também aprender muito. Foi intenso, mas um tempo que guardarei para sempre no meu coração. Agradeço pela oportunidade de poder conhecer também a sede da Escola Popular, foi muito bom finalmente estarmos todos juntos!"

Pauline Roeder Siqueira

Caio Carvalho
Caio Carvalho

"Alemanha pra mim foi muito bom, o convívio com outras pessoas foi maravilhoso , aprender a cultura foi fantástico, tudo diferente e interessante, coisas novas que viví e aprendi  que jamais esquecerei."

Caio Carvalho

Márcio Andrei Hennig
Márcio Andrei Hennig

"Uma experiência extraordinária conhecer através da música uma nova cultura em outro país no berço que gerou nossa denominação Luterana e de onde migraram os primeiros cristãos que iniciaram a história da IECLB e ao mesmo tempo semear a palavra de Deus levando a música de formas diferentes para esse esse país e essa cultura mostrando o jeito de ser brasileiro."

Márcio Andrei Hennig

Lislie Moraes de Carvalho
Lislie Moraes de Carvalho

Frase de Martinho Lutero: "Eu gostaria de ver todas as artes, especialmente a música a serviço daquele que os deu e o criou."

"Esse é meu sentimento do tempo que estive na Alemanha , servindo a Deus através da música, levando alegria através da comunhão que a música proporciona."

Lislie Moraes de Carvalho

As fotos


zurück Dezembro 2017 weiter
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Apoie nosso projeto atual!

Mais informações na página do projeto Construindo Pontes.